Amigos Próximos…

Amigos Próximos…

A pensar ainda no almoço/prova cega de ontem, com amigos próximos…; isto é importante referir, pois já nos conhecemos bem e sabemos o que nos poderá agradar mas também surpreender. Os resultados acabam por comprovar isso mesmo, com diferenças de apenas algumas décimas entre eles (tirando o branco mais antigo e o champanhe). Os pontos comuns descobrem-se depois, mas adivinham-se desde o início: vinhos com boa acidez, sem limite de idade, que dessem prazer a beber; e por um acaso completo que estavam bastantes vinhos de 2004 e arredores, tirando um branco e um tinto mais recentes; e a maioria era monocasta.

Em resumo, após os resultados apurados: venceu um francês feito de Syrah, o Château de Pourcieux Grand Millesime 2003 (17,61), pela força de acidez que apresentou. Num registo mais discreto e notas evidentes de chão de bosque o Vina Tondonia 2004 (17,51 – chamaram-lhe Baga) e depois talvez a maior surpresa da tarde, um Trincadeira 2004 do Paulo Laureano, em perfeita forma (17,45); depois um Duas Quintas Reserva 2007 que foi o mais difícil de lidar com os respectivos taninos (17,43), um San Joanne Alvarinho 2015 que foi tão intrigante quanto delicioso no copo (17,38) e ainda o primeiro dos tintos servidos, o brilhante CC 2012 do Campolargo que nos devolve em elegância as uvas em partes iguais do Cabernet e do Castelão (17,36).

E ainda não saímos dos +17…. tirando os primeiros dois vinhos servidos, o champanhe talvez por lhe faltar alguma elegância e persistência na boca, e o Formal 2004 (apenas Bical) por estar já um pouco mais quente e delgado no meio de boca, embora com aroma e acidez bem interessantes. depois ainda veio um Vintage 85 para a mesa (não estava grande coisa, um pouco doce e sem intensidade) e um Sousão a terminar que “apanhou” porque vinha com remetente e destinatária.

Texto de Opinião por Marco Lourenço

Categorias Artigos de Opinião

Acerca

Cegos Por Provas

Os Cegos por Provas nasceram através da plataforma Facebook, apaixonados pelo vinho, o grupo desenvolve vários eventos vínicos a nível nacional.

Escrever comentário

<